terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Está tudo explicado


O Dínamo Moscovo, caso ainda ninguém tenha reparado, não é um clube de futebol. É apenas uma instituição que tem um ou outro campo relvado no qual se tenta praticar um pouco a modalidade.

O exemplo máximo do que acabei de escrever pode ser justificado com as palavras do treinador do clube russo, Andrey Kobelev, que considera um erro o clube ter contratado Custódio ao Sporting.

"No Verão de 2007, sentimos a necessidade de garantir reforços, porque não tinhamos banco, jogadores de reserva. A prospecção não funcionava, portanto tivemos de recorrer a empresários. Então, aconselharam-nos o Custódio, internacional nas camadas jovens e capitão do Sporting. Por alguma razão, ele não estava a jogar há meio ano. Ficámos desconfiados, mas vimos alguns vídeos e gostámos do seu jogo. Veio para a Rússia mas não conseguiu entrar na equipa, por causa do seu estilo de jogo. Participa bem na defesa, mas é pouco criativo, isso pára o jogo. O Custódio foi um erro nosso. Depois desse caso, deixámos de contratar jogadores apenas por DVD", disse o técnico, citado pelo jornal maisfutebol.

FG

1 comentário:

Fermelanidades de Matos disse...

Não agrediu nenhum capitão de equipa nesta passagem pelo futebol siberiano?